Novo incentivo para energias renováveis na Agricultura Familiar

Novo incentivo para energias renováveis na Agricultura Familiar

O Brasil aprovou incentivos específicos para a compra de equipamentos agrícolas que trabalham com energias renováveis, como solar, eólica e biomassa.


O Projeto de Lei 6325/16, do deputado Pedro Uczai (PT-SC), foi aprovado pelo Comitê de Finanças e Tributação do Brasil e determina que o poder público incentive, por meio de linhas de crédito diferenciadas, a compra de equipamentos rurais que utiliza energia renovável (solar, eólica ou biomassa), especialmente para a agricultura familiar, responsável por produzir 70% dos alimentos consumidos no Brasil. Isso significa que as estratégias de desenvolvimento sustentável ambiental, social e econômico passam, necessariamente, por este setor produtivo.
Para a ONU, a agricultura familiar é um passaporte para erradicar a fome mundial e alcançar a segurança alimentar sustentável. Então nada mais inteligente que aliar essa produção de alimentos com energias renováveis, não é?

Atualmente, a política agrícola prioriza a construção de pequenas usinas hidrelétricas e termoelétricas, atividades de eletrificação rural e programas de energia florestal, entre outros.
Quer saber outras aplicações inteligentes da energia solar fotovoltaica e como isso pode te ajudar?

Solicite um orçamento gratuito e descubra todas os benefícios que te esperam.

Deixe uma resposta