3 tendências de tecnologia em residências

3 tendências de tecnologia em residências

O futuro chegou! O mercado imobiliário e os profissionais de arquitetura e engenharia mais conscientes já estão preparados para atender os moradores mais exigentes. E adivinha o que está no topo da lista na hora da construção de casas? A resposta não poderia ser outra: recursos tecnológicos mais modernos que estão alinhados com iniciativas que preservam o meio ambiente! Cidadão com consciência ecológica faz assim.

Confere a lista que a Solfácil preparou:

1 – Água da chuva
O reaproveitamento das águas pluviais já é realidade em projetos arquitetônicos de residências em todo o Brasil. A prática colabora diretamente com a preservação do meio ambiente, na redução do desperdício e, é claro, no boleto do final do mês! O recurso hídrico captado das chuvas é ideal para inúmeras atividades dentro da casa, como a lavagem de áreas externas, irrigação dos jardins, limpeza de automóvel, descargas e muito mais.


2 – Energia Solar Fotovoltaica Energia limpa, renovável e livre de poluição!

A produção de eletricidade por meio da captação de energia solar é um segmento de crescimento acelerado em todo o mundo. Como já mencionamos em conteúdos anteriores, o Brasil é um país extremamente favorável à captação dos raios solares, por seu clima e localização geográfica no mapa terrestre.


3 – Carro elétrico

A estimativa é de que até 2040 estes veículos sejam a maioria no mundo. Um relatório da Bloomberg New Energy sugere que haverá um salto de 2 milhões da atualidade para mais de 50 milhões de automóveis elétricos no mundo. Este item assume um importante papel na preservação ambiental e na discussão sobre os efeitos do aquecimento global, principalmente pela não emissão de gases prejudiciais ao meio ambiente e à saúde. Ahhh, e o melhor: já existem modelos que são carregados por meio de energia solar!
Dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) apontam que nosso país tem uma projeção de aumento de 44% na capacidade instalada. Além de tudo isso, ainda existe a vantagem da economia: redução de até 95% na conta de luz, valorização imediata da residência, além do sistema que tem um tempo de vida útil de mais de 25 anos.


E aí, será que você lembra de mais alguma tendência tecnológica para casas que auxilia na preservação do meio ambiente?

Deixe uma resposta